Média °C
a

MENU
  

NOTÍCIAS

25/02/2019

Edição 2019 do Dia de Campo Cravil promove difusão de tecnologias, troca de experiências e gera negócios

O Dia de Campo Cravil é uma escola a céu aberto que, além de apresentar novidades em tecnologias, produtos e serviços destinados à agricultura e à pecuária, também é uma oportunidade para gerar negócios. “Este foi o primeiro ano que a Cravil levou ao Dia de Campo uma exposição de animais vivos, gado de corte e de leite, e tivemos bons resultados, com negócios fechado no local. Na área Comercial, também abrimos pela primeira vez a oportunidade de negociações, com ofertas especiais entre fornecedores e visitantes. Ao todo, a Cravil gerou em negócios durante o Dia de Campo mais de R$ 300 mil”, ressaltou o coordenador do evento, Gentil Colla Junior.



O maior evento da agropecuária na região do Vale do Itajaí, foi realizado pela Cravil nos dias 13, 14 e 15 de fevereiro, no Polo Tecnológico da Cooperativa, no município de Lontras. A principal atração desta edição, na área agrícola, foi a demonstração de pulverização com drones apresentado pela empresa Agrize, de Joinville.



“Em Santa Catarina a gente percebe e tem a oportunidade dentro da cadeia produtiva de arroz de trazer esse benefício para o produtor: a qualidade de vida. Qualidade de vida através de tecnologia, já que você tem um menor amassamento da cultura, redução da quantidade de deriva, respeito maior ao meio ambiente, e sobretudo, condições de fazer uma operação da pulverização agrícola com distanciamento do agroquímico”, explicou o diretor executivo da empresa, Igor Luduwichack da Silva.



A demonstração de pulverização com drones ocorreu nas parcelas de arroz na quarta e na quinta-feira, na sexta-feira, por causa das condições do tempo os visitantes não puderam ver a tecnologia em funcionamento.



A coleção de ervas medicinais, com mais de 25 plantas diferentes, também chamou a atenção das pessoas que visitaram o Dia de Campo Cravil. Além das novidades, as empresas em parceria com a Cravil trouxeram o que há de mais recente para as culturas do arroz, da soja, do milho, tanto para grão quanto para silagem, e do feijão.



O associado Cravil, agricultor de Agronômica, Gabriel Dela Justina, participou do evento e destacou a importância da iniciativa. “O incentivo que a Cravil faz para o produtor estar por dentro das novas tecnologias e formas de manejo, tudo ajuda a incrementar na nossa propriedade, a gente conhece aqui e tentar fazer melhor lá”.



Pecuária forte e em desenvolvimento



Na área da pecuária, um espaço foi construído no Polo Tecnológico para abrigar a 1ª Exposição de Animais. Estiveram expostos gado de corte e leite das raças: Jersey, Holandesa, Lomousin, Simental, Montbeliarde e Nelore. Segundo o médico veterinário da Cravil, Claudio Brogni, a experiência foi bem aceita pelos visitantes e rendeu negócios aos expositores. “Tivemos alguns animais vendidos, e como uma primeira edição, saímos satisfeitos. Para o próximo ano já pensamos em aumentar essa exposição, quem sabe trazer animais de outras espécies”.



Já tradicional no Dia de Campo, a área de pastagem apresentou mais de 30 cultivares, expostas lado a lado para que o pecuarista pudesse analisar as possibilidades e o desempenho de cada uma delas. Além disso, nesta edição o técnico em agropecuária da Cravil, Raul Marcola, apresentou também o projeto Silvipastoril. A vantagem do consórcio de árvores com pastagem está no bem-estar animal. “Com essa associação o animal vai ter sombra e capim na mesma área, não precisando se deslocar do meio da pastagem para procurar sombra. E aí todo produtor precisa de madeira, então ele consegue fazer umas 180 a 200 árvores por hectare e isso no final de 8 a 10 anos também dá uma renda importante”, acrescentou Marcola.



Produtos veterinários, alimentação e nutrição animal, equipamentos e implementos para ajudar no dia a dia do produtor na propriedade rural também fizeram parte do Dia de Campo Cravil.



“A 11ª edição do Dia de Campo Cravil foi uma das melhores que nós tivemos, conseguimos apresentar ao nosso associado, produtor rural, profissionais do setor agropecuário, estudantes e professores, e lideranças políticas e do setor o que há de mais recente em tecnologias para diversas culturas. Um momento importante de difusão de tecnologia e troca de conhecimento”, destacou o presidente da Cravil, Harry Dorow.



Vitrine de tecnologias



Na edição 2019, o visitante pode passar por mais de 60 estandes, entre eles, o novo setor de máquinas, implementos agrícolas e instituições financeiras. Ainda na área de agricultura, destaque para os plotes de hortifrútis com parcelas de tomate, repolho, couve-flor, alface, beterraba, pimentão, feijão-de-vara, abóbora, cebola e banana.



 “Toda equipe da Cravil está de parabéns, está tudo muito bem organizado, e fiquei admirado de como o campo está bem preparado. Sou produtor de cebola e fiquei interessado em um dia isso ser realidade nossa lá na propriedade”, ressaltou o associado de Petrolândia, André Kuhnen.



O Dia de Campo Cravil, que começou na quarta-feira com um evento voltado a equipe técnica, estudantes e profissionais do setor e lideranças rurais contou com a participação do Secretário Adjunto da Agricultura e da Pesca de Santa Catarina, Ricardo Miotto Ternus, que ressaltou a importância de eventos de difusão de tecnologia para o desenvolvimento do setor agropecuário.



“Fundamental esses momentos de difusão de tecnologia, como esse que a Cravil está fazendo no Dia de Campo, e é de extrema importância o governo se fazer presente para apoiar o agricultor, o homem do campo, com políticas públicas que de fato agreguem valor, qualidade  e tecnologia nas propriedades para aumentar a produtividade e a rentabilidade do setor”, acrescentou o secretário adjunto.



Diversas outras lideranças políticas passaram pelo Dia de Campo Cravil durante os três dias de evento, entre elas os deputados estaduais Ivan Naatz, Nazareno Martins e Milton Hobus, o presidente da Fecoagro Claudio Post e da Ocesc/Sescoop SC Luiz Vicente Suzin que destacou o trabalho das cooperativas para o desenvolvimento da agropecuária no estado.



“A gente percebe que o estado de Santa Catarina é o que mais prega tecnologia no país, por isso mesmo nós temos a melhor produtividade por hectare/ano. Vemos que tudo isso é possível por causa do trabalho das cooperativas, temos nove cooperativas que realizam o Dia de Campo, assim como o da Cravil e juntos reúnem mais de 120 mil pessoas”, concluiu Suzin.



Os vice-presidente da Faesc e Fetaesc também se fizeram presentes, assim como prefeitos, vereadores e presidentes dos sindicatos rurais e trabalhadores rurais de diferentes municípios de Santa Catarina.



“O Dia de Campo 2019, apesar da chuva no último dia, fechou com chave de ouro, acima das expectativas de tudo que tínhamos imaginado. Tivemos alguns contratempos por causa da chuva, mas acreditamos que dentro do possível, conseguimos atender a todos. Os fornecedores conseguiram apresentar as tecnologias e os objetivos foram alcançados na difusão de conhecimento. Agradecemos a todos pela parceria por mais um Dia de Campo Cravil. O nosso evento só é sucesso pelo empenho e pela participação de cada um que nos visitou ou ajudou para que ele acontecesse”, finalizou o coordenador do Dia de Campo 2019, Gentil Colla Junior.



O Dia de Campo é uma realização da Cravil com apoio do Sescoop/SC e do Senar/SC.




Fonte: Assessoria de Imprensa Cravil


..