Média °C
a

MENU
  

NOTÍCIAS

31/10/2018

15º Encontro de Mulheres discute Felicidade, bem-estar & qualidade de vida

Com o tema “Felicidade, bem-estar & qualidade de vida”, o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (SESCOOP/SC) promove, nesta quarta-feira (31) e quinta-feira (1º), a 15ª edição do Encontro Estadual de Mulheres Cooperativistas, em Florianópolis. O evento reúne 600 pessoas entre líderes, cooperadas, esposas de cooperados e colaboradoras de 18 cooperativas registradas na Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (OCESC), além de dirigentes e lideranças.



Neste ano, acontece a primeira edição do Encontro reformulado em modelo de rodízio, o que possibilita a participação das cooperativas a cada dois anos, visando que todas estejam inseridas no evento. Nesta edição participam a Ailos, Aurora, Cersul, Coopervil, Cootravale, Cooperitaipu, Cooperja, Copercampos, CooperAlfa, Cooperserra, Fecoagro, Frutas de Ouro, Sanjo, Sicoob Vale do Vinho, Sicoob Oestecredi, Sicoob Credivale, Sicoob Creditapiranga e Sicoob Maxicrédito.



O presidente da OCESC e do SESCOOP/SC, Luiz Vicente Suzin, destacou que o evento tem importância muito grande para o cooperativismo em Santa Catarina e que vem crescendo a cada nova edição. “Hoje não temos 100% das cooperativas em função do expressivo crescimento. Estamos fazendo em sistema de rodízio para que todas tenham a oportunidade de participar e para atendermos as expectativas com estrutura adequada à quantidade de público presente”.



Suzin observou, ainda, que a presença da mulher como associada das cooperativas vem aumentando cada vez mais e que o trabalho desenvolvido pelo SESCOOP/SC e pelas cooperativas é essencial para essa conquista. “O cooperativismo catarinense é referência em todo o País e não temos dúvidas de que a participação da mulher é estratégica para os bons resultados que temos”.



O secretário de Estado da Agricultura, Airton Spies, complementou que a mulher tem um papel muito importante na administração das propriedades rurais e em todas as cadeias produtivas, pois traz a sensibilidade para a tomada de decisão, o que ajuda a obter o sucesso. Segundo ele, o encontro é um momento de conhecimento, intercâmbio de ideias e valorização. “Hoje as propriedades são empresas que precisam ser bem administradas para ter bons resultados e a mulher tem participação significativa nesse processo”.



Na visão do secretário, o cooperativismo, que hoje representa um dos principais vetores do sucesso da agropecuária, agradece. “Com esse encontro, temos a oportunidade de motivar a mulher do meio rural a acreditar cada vez mais no segmento. Isso também estimula os filhos a se interessarem pelo negócio e permanecerem no campo. O cooperativismo é uma forma eficiente de gerar riquezas e, quando a gestão do processo envolve a mulher, ele sai muito fortalecido e por isso está de parabéns”, finalizou.



A analista da área de desenvolvimento social do SESCOOP Nacional, Divani Ferreira de Souza Matos, realçou que o ser humano tem necessidade de algumas inspirações. Por isso, é importante saber como pessoas estão agindo em situações semelhantes, seja em determinados estágios da construção de projetos ou de fortalecimento dos já existentes. “Um evento como esse serve para nos fortalecer, além de muitas vezes, ter um efeito que não imaginamos, ou seja, permite nos mostrar até onde nosso trabalho e os frutos do que estamos fazendo podem chegar”.



Segundo Divani, há compreensão de que a participação da mulher em qualquer instância depende de dois momentos: um deles é quando sai de casa e vai ocupar espaços públicos e o outro está relacionado ao momento em que elas se encontram e compartilham seus desafios. “O evento é extremamente importante porque fortalece a mulher e permite o compartilhamento com outras cooperativas, o que potencializa o movimento como um todo”, finalizou.



A programação do Encontro no primeiro dia contou com a palestra “Na Medida do Possível” com Fernando Rocha, “Engajamento e empoderamento – a alma do cooperativismo” com a professora Maria Flávia Basto e “A arte de encantar-se e encantar as pessoas” com a jornalista Laine Valgas e Affonso Kulevicz.



Nesta quinta-feira (1º), o evento segue com as palestras “Empreendedorismo feminino – um case de sucesso” com a produtora rural Marlene Kaiut e “A protagonista” com o especialista em liderança e motivação Márcio Mâncio.




Fonte: Assessoria de Imprensa


..